Qual é o posicionamento ideal para o marketing nas redes sociais?

O Brasil é o país que mais usa as redes sociais na América Latina. Ao total, são 100 milhões de brasileiros que navegam nesses serviços e se conectam com outras pessoas e com as marcas. Para as empresas, o marketing nas redes sociais tem grande relevância.

A tática ajuda a melhorar o reconhecimento de marca e o engajamento com o público. No entanto, é preciso ter sabedoria para escolher quais são as redes certas, de acordo com o público, e como se posicionar.

Para que não restem dúvidas, veja como realizar o posicionamento de marketing nas redes sociais e obtenha os melhores resultados.

Fique de olho na linguagem

A forma como a comunicação acontece nas redes ajuda a definir como a empresa se apresenta. Por serem ambientes menos formais, é possível utilizar uma linguagem leve e direta. Acima de tudo, é necessário focar na comunicação um para um, ou seja, na possibilidade de falar diretamente com o público.

Entre Facebook, Instagram e Twitter, é comum ter uma abordagem informal, dependendo do público-alvo. No LinkedIn, entretanto, é preciso ter cuidado ao criar uma linguagem mais corporativa; afinal, como a consistência é importante, vale a pena planejar um meio-termo, pois é algo que favorece o posicionamento.

Pense nos objetivos da ação

Também é muito relevante considerar os aspectos referentes aos objetivos. Se a intenção é gerar novas oportunidades e vendas, o marketing nas redes sociais tem uma proposta bem comercial. Por outro lado, se a ideia é se destacar dos concorrentes, disparar gatilhos, como o de autoridade e o de influência, é a melhor saída.

Quando o objetivo é aumentar o alcance, por exemplo, vale a pena usar o conteúdo visual. Os infográficos são compartilhados com 3 vezes mais intensidade que qualquer outro tipo de conteúdo nas redes sociais. Com o uso das peças corretas, fica fácil alcançar os interesses específicos para a estratégia.

Avalie a estratégia de branding

A gestão da imagem e da marca também influencia como deve ser o posicionamento de marketing nas redes sociais. É preciso, por exemplo, transmitir os valores do negócio ao longo da comunicação. Se o empreendimento quiser se colocar como líder de mercado, deve incluir diferenciais ao usar as redes sociais.

Outro cuidado é em relação à reputação. Para ter uma ideia, 42% dos consumidores esperam a resposta de mensagens dentro de uma hora. Ao utilizar o Facebook, vale ficar de olho nos comentários e na caixa de mensagens para esclarecer dúvidas e manter a boa reputação.

O comportamento também faz diferença, afinal, 74% dos consumidores dependem das redes sociais para tomar decisões de compra. Então, a atuação deve ser adequada para gerar boas oportunidades.

Considere as características da rede e do público

Além de tudo, é preciso agir de acordo com o meio escolhido. Isso significa aproveitar ao máximo os recursos disponibilizados, bem como levar em conta as características de cada público.

Redes como Instagram e Twitter tendem a ter um público mais jovem. Então, é interessante pensar em usar elementos diferenciados, como as histórias que se apagam em 24 horas, no caso da primeira. As hashtags também são bem-vindas — um tweet com hashtag, por exemplo, tem 33% a mais de chances de ser compartilhado.

No Facebook e no LinkedIn, vale utilizar fotos e vídeos, bem como termos-chave. Apresentar CTAs, como palavras que estimulam a ação, aumenta o engajamento em 200%. Com as considerações específicas, é possível obter os melhores resultados.

Ao seguir essas dicas, é viável alcançar um ótimo posicionamento de marketing nas redes sociais. Assim, o seu negócio se fortalece na comunicação digital e atinge os principais objetivos.

Para não perder nenhuma novidade, acompanhe os nossos perfis no Facebook, Twitter e LinkedIn.

4 boas práticas de marketing B2B que você precisa dominar
Social TV: como se dá a união da TV com as mídias sociais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *