Humanização das marcas: como impacta a percepção do consumidor?

A construção de uma relação sólida e verdadeira com os consumidores é essencial para conquistar e fidelizar clientes. Para estabelecer esse contato, a humanização das marcas tem um papel importante.

Relacionamentos duradouros com seu público vão pavimentar o caminho para que sua marca tenha mais do que clientes, e sim verdadeiros fãs.

Não sabe como humanizar sua marca? Não se preocupe, separamos algumas dicas essenciais para serem aplicadas nos seus canais digitais. Sem dúvida, a sua estratégia de marketing digital sairá ganhando. Boa leitura!

O que significa humanizar uma marca

Como o próprio termo diz, humanizar uma marca é aproximá-la de um lado humano, com sentimentos, desejos e expectativas. É preciso ter empatia, conhecer e compreender os problemas das pessoas para, assim, poder ajudá-las.

Sabemos que os consumidores costumam comprar de quem conhecem e confiam. Portanto, construir um relacionamento é essencial. Quanto mais humanizada for a marca, mais fácil será fortalecer essa relação de confiança, que não surge de uma hora para a outra.

Como humanizar a sua marca

Conhecer o seu público-alvo é fundamental para colocar em prática as estratégias de humanização das marcas. Do que gostam, como se comunicam, quais são seus problemas? Essas são informações muito importantes para não errar a mão.

Elencamos abaixo algumas dicas para você aplicar no seu negócio. Com certeza o relacionamento com os seus consumidores será aprofundado.

Use linguagem adequada

Se o seu cliente em potencial é da chamada terceira idade, não tem porquê abusar de gírias na comunicação, certo? Alguma seriedade será exigida.

Por outro lado, se sua persona for adolescente, a linguagem escolhida deverá ser totalmente diferente, com espaço para muita informalidade e expressões que eles usam no cotidiano. “Falar a mesma língua”, literalmente, aproxima a marca das pessoas.

Incentive o diálogo

No universo das redes sociais, sua marca não é apenas o que você diz mas, sobretudo, o que as pessoas dizem sobre ela. Nesse sentido, é preciso incentivar a conversa, produzindo conteúdo que gere diálogo não apenas entre você e seu público, mas entre ele e seus amigos.

A caixa comentários não é enfeite e deve ser utilizada pelas marcas da melhor maneira possível. Ninguém gosta de falar sozinho. Se o seu consumidor fez alguma pergunta, sem dúvida ele quer ser respondido. Estabelecer uma relação mais próxima é trabalhoso e exige atenção. Foque nisso e terá clientes satisfeitos, que defenderão sua marca quando necessário.

Por meio de monitoramento, também é possível entrar em conversas sobre temas relacionados ao seu negócio, estabelecendo diálogo para além dos canais oficiais da empresa. Com bom senso e cuidado, essa estratégia traz muito resultado no processo de humanização.

Ofereça ajuda

Grande parte das pessoas está conectada para se entreter, manter contatos e buscar soluções para os seus problemas. Por isso, conteúdo que só tem como objetivo vender um produto ou serviço não costuma agradar muito.

Que tal oferecer ajuda para problemas que a sua persona eventualmente possa ter? Assim, por meio de conteúdo útil, o vínculo entre marca e consumidor acaba se fortalecendo.

Reconheça erros

Errar é humano, diz o ditado popular. Reconhecer os erros, também deveria ser. Em caso de situações embaraçosas, não finja que nada aconteceu. Fale sobre o assunto, reconheça se tiver havido falhas da empresa, peça desculpas e, sobretudo, diga o que está fazendo para corrigir ou minimizar os efeitos de eventuais erros.

Sem dúvida, isso aumentará a empatia das pessoas em relação à sua marca. Afinal, quem nunca errou que atire a primeira pedra, não é mesmo?

Mostre a cara

As redes sociais são o lugar ideal para mostrar o lado humano da sua marca. Deixe as pessoas saberem não apenas sobre os seus produtos, mas sobre as pessoas por trás deles.

Lembre-se de que mídias sociais são para socializar e as pessoas gostam de saber que estão conectadas com gente de verdade, que compartilha seus valores e emoções. Que tal mostrar os bastidores — quem cria o design, produz as mercadorias, realiza os atendimentos?

Como vimos, a humanização das marcas aproxima negócios de consumidores. Colocando nossas dicas em prática, a relação com seus clientes mudará para melhor. Gostou do nosso conteúdo e quer ter acesso a outros artigos como esse? Então assine já a nossa newsletter!

Como agregar valor ao seu produto e fazer o consumidor perceber?
Custo de aquisição de clientes (CAC): o que representa essa métrica?

Deixe uma resposta